Prefeitura municipal de Nova Resende MG
AVISO: Todos os Processos Licitatórios até dia 31/03/20 foram suspensos

Saldo de empregos nas MPE em maio é o melhor dos últimos sete anos

Nova Resende também teve saldo positivo de acordo com a Sala Mineira do empreendedor

Publicado em 09/07/2021
Por ASCOM

As micro e pequenas empresas (MPE) de Minas Gerais registraram um saldo positivo de 20.816 vagas de emprego em maio. É mais que o dobro do que foi gerado pelas médias e grandes empresas (9,7 mil) e o melhor resultado para o mês nos últimos sete anos, de acordo com o levantamento do Sebrae Minas a partir dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Nova Resende

No município o saldo também foi positivo. De acordo com a Prefeitura Municipal através de dados da Sala Mineira do Empreendedor de Nova Resende, só no mês de maio, foram 52 pessoas admitidas, 40 foram desligadas, mantendo um saldo de 12 pessoas registradas.

Estar trabalhando em meio à essa pandemia é uma bênção. Já passei do período de experiência e estou muito feliz. Agora, é manter meu emprego e seguir em frente. Agradeço muito o apoio da Prefeitura de Nova Resende que por intermédio da Sala Mineira do Empreendedor, nos mantém informados sobre as oportunidades no município, assim, podemos ajudar outras pessoas também", comemorou a atendente Ana Cecília Oliveira.

Levantamento

Comparado a abril, o saldo cresceu mais de 200% e ficou abaixo apenas do registrado em fevereiro, quando o segmento gerou mais de 33 mil postos de trabalho no estado. No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, o saldo de empregos nas MPE ultrapassou 95 mil vagas, o que mantém o estado em segundo lugar na geração de emprego pelos pequenos negócios no país, atrás apenas de São Paulo.

Comparado ao cenário de um ano atrás, a melhora no saldo de empregos nos pequenos negócios é ainda mais expressiva. Em maio de 2020, o segmento registrou um saldo negativo de mais de 25 mil vagas. E nos cinco primeiros meses do ano passado, o cenário era ainda mais devastador: - 83 mil vagas.

“O resultado do Caged de maio é alentador e confirma a tendência de expansão da atividade do segmento, conforme foi sinalizado pelo Índice Sebrae de Confiança dos Pequenos Negócios, o ISCON de maio”, destaca Afonso Maria Rocha, superintendente do Sebrae Minas. O ISCON de maio aumentou 18 de pontos em relação a abril, variando de 89 para 107.

Em maio também foi registrado o segundo melhor resultado do ISCON neste ano, perdendo apenas de fevereiro, quando o índice chegou a 109 pontos. “Apesar de ainda enfrentarem dificuldades para engrenarem as vendas e o faturamento, os pequenos negócios estão investindo pela expectativa de melhora do cenário econômico com o avanço da vacinação” avalia Rocha.

Resultado por porte e setor

O setor de Serviços lidera a geração de vagas no segmento (8,3 mil), seguido pelo Comércio (6 mil), Construção Civil (3,5 mil), Indústria (2,5 mil) e Agropecuária (217).

No acumulado dos cinco primeiros meses do ano, o setor de Serviços mantém a liderança no saldo de empregos (34 mil), mas a Indústria aparece em segundo lugar (21 mil), o Comércio em terceiro (19,7 mil) e, na sequência veem a Construção Civil (15,8 mil) e Agropecuária (4,6 mil).